Leitão Bísaro

 
 
 
 
 
 

O que é ?

 
É um Leitão proveniente de animais de Raça Bísara, uma das raças autóctones nacionais, alimentado exclusivamente de leite materno até à altura do desmame.
Devido ao seu modo de exploração, maioritariamente do tipo extensivo e às próprias características da raça ( menores índices de crescimento ), estes animais são desmamados à volta dos 45 dias, com pesos até 7 kg por carcaça.
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

O que o torna tão especial ?

 
A sua carne aveludada apresenta uma cor rosada com um sabor e uma suculência muito particulares que o distinguem dos demais.
Por outro lado, as suas características morfológicas fazem com que o leitão seja mais comprido e delgado, permitindo que se obtenha um maior rendimento das partes nobres e uma maior penetração dos temperos na carne.
Um leitão com características únicas e para ser apreciado pelos consumidores mais exigentes.
Venha Saborear...
 
 
 
 

ORIGEM - Tronco Celta

 
Raça local portuguesa, única no mundo, arrasta consigo os factores genéticos, históricos, culturais e tecnológicos da suinicultura Celta e Atlântica.
 
TRÊS VARIEDADES
 
 
Leitão Raça Local Portugal
 
 
 
Leitão Bísaro
 
 
 
Suinicultura Celta
 
 
 
 
 
 
QUALIDADE E SABOR
 
FRESCOS E TRANSFORMADOS
Na gastronomia portuguesa atingem o seu expoente máximo. Uma infinidade de receitas e produtos genuínos.
 
 
NO CAMPO
 
 
Criados ao Ar Livre de Modo Tradicional
 
TRÊS VARIEDADES
 
 
Leitões do Tomáz - Criados ao ar livre
 
 
 
Leitões do Tomáz  criados de modo tradicional
 
 
 
 
Alimentação diversificada e valoriza os recursos regionais

Abrótegas (Asphodelus albus Mill), leitarugas (Sonchus oleraceus Lin), castanhas (Castenea sativa Miller), bolotas de carvalho ou landes (Quercus robur Lin e Quercus pyrenaica Wild), farelo de milho ( Zea Mays Lin), couves, batata (Solanum tuberosum Lin), cascas cruas ou cozidas, ervas tenras, nabos (Brassica campestris), ferrás de centeio (Secale cereale Lin), milho triturado, farinha de centeio e abóboras.